Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Decibel - El poeta del ruido (1979)
Postado por Henrique Tonin em terça-feira, 12 de fevereiro de 2008.
Decibel assimilou o R.I.O. no México pela primeira vez, dando início a uma série de bandas que dificilmente podem ser enquadradas num único estilo, mas identificavam-se entre si pela constante auto-renovação e pelas propostas transgressoras.

Um dos seus integrantes, (Arturo Meza, que não chegou a gravar) foi uma das principais influencias artísticas e filosóficas do grupo. Meza, na época a frente de um grupo chamado
Krol-Voldarepet, organizou na Cidade do México uma versão local e com características próprias para o Rock In Opposition; o Primer Encuentro de Rock en Oposición.

Posteriormente, o violinista Alejandro Sanchez fundou o Nazca, e Carlos Alvarado, um dos tecladistas partiu para outras, mais ligadas ao progressivo tradicional.

Seu nome é associado aos das bandas mais sérias do R.I.O., como Univers Zero e Stormy Six; mas a sonoridade também nos remete a Brian Eno e Tangerine Dream; o emprego de instrumentos étnicos, vozes e ruídos completa a "atmosfera" própria do álbum.

Download

Integrantes:
Carlos Alvarado - teclados
Javier Baviera - sax e clarinete
Miguel Angel Nava - teclados
Carlos Robledo - piano e teclados
Alejandro Sanchez - violino
Walter Schmidt - baixo


Marcadores: