Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Mauricio Kagel - Acustica (1968-70)
Postado por Henrique Tonin em quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008.
"O melhor músico europeu que conheço é um argentino, Mauricio Kagel." - John Cage

Mauricio Kagel é um compositor argentino radicado na Europa desde 1957.

Na Argentina, fez mais de 19 filmes e compôs suas trilhas sonoras. Para ele, o cinema, interação eletrônica de música e imagem, é a ópera moderna.

Após ver seus planos de um estúdio de música eletrônica fracassarem, viajou para a Europa, seguindo o conselho de Pierre Boulez, que havia examinado suas partituras.

Conseguiu uma bolsa do governo alemão e mudou-se para Colônia, então o centro nevrálgico da Nova Música.

Suas obras são comparadas ao Teatro do Absurdo, e é mais conhecido por seu interesse em desenvolver o lado teatral das performances musicais.


Acustica (1968-70)


Acustica é, possivelmente, a obra mais refinada e característica de uma de suas tendências (o "teatro instrumental") com visíveis influências de John Cage e do Teatro do Absurdo.

Compõe-se de quatro peças e envolve experiências com novos instrumentos e instrumentos acústicos alternativos, bem como uma crítica a forma clássica de composição e execução das peças musicais.

Download parte 1 59.05 MBDownload parte 2 47.89 MB

Recomendado para quem já está razoavelmente familiarizado com (ou se interessa por) Edgar Varèse, John Cage, Fluxus, Boulez, Stockhausen, etc.

Marcadores: