Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Siouxsie & the Banshees - Nocturne (1983)
Postado por Alphonse van Worden em segunda-feira, 28 de abril de 2008.


1983

Wonderland

01. Israel (6:45)
02. Dear Prudence (3:55 - Lennon & McCartney)
03. Paradise Place (4:28)
04. Melt! (3:48)
05. Cascade (4:35)
06. Pulled To Bits (4:03)
07. Nightshift (6:27)
08. Sin In My Heart (3:31)
09. Slowdive (4:18)
10. Painted Bird (3:56)
11. Happy House (4:39)
12. Switch (6:35)
13. Spellbound (4:31)
14. Helter Skelter (3:42 - Lennon & McCartney)
15. Eve White / Eve Black (2:48)
16. Voodoo Dolly (8:42)

- Siouxsie Sioux / vocais, guitarra elétrica
- Steven Severin / baixo elétrico
- Budgie / bateria
- Robert Smith / guitarra elétrica


Parte I
Parte II


A meu juízo Nocturne é não apenas o melhor disco da história do gothic rock, mas quiçá até mesmo o melhor disco ao vivo de todos os tempos, ponto. Raríssimas vezes, vale dizer, escutei um álbum ao vivo com uma mixagem tão nítida e cristalina, é algo verdadeiramente impressionante! Ademais, retrata a banda no auge de sua forma ao vivo, com Budgie e Severin (com seu marcante timbre de baixo, hipnótico e insolitamente agudo) destruindo na seção rítmica; Robert Smith em uma das performance mais incendiárias de sua carreira; e uma Siouxsie simplesmente exuberante, com vocais irretocáveis e absoluto domínio de cena.

Em termos de repertório, Nocturne é uma summa perfeita da fase áurea da banda (1978 - 83), com destaque para as espetaculares versões para Eve White / Eve Black (que em seus meros 02:44 de duração é uma exemplar definição da perfeita simbiose entre atmosferas enigmáticas e agressão punk que é o gothic rock em sua essência mais primordial), Spellbound, Voodoo Dolly, Melt! e Painted Bird, amplamente superiores às versões originais de estúdio.


Enfim, 'pessoár'... não deixem de baixar esse DISCAÇO!

Marcadores: