Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Final de 2010 - apresentações e workshops de músicos vitais na improvisação:
Postado por Thiago Miotto em sábado, 6 de novembro de 2010.


Pode-se dizer que os últimos meses ficarão marcados como a época em que a música improvisada finalmente começou a ter mais espaço no Brasil. Em pouco tempo passaram por aqui o EKE trio (Gerri Jaeger, Oscar Jan Hoogland, Yedo Gibson), Hans Koch, Ivo Perelman, Joe Morris, Luo Chao Yun, Mattew Shipp, Marcio Mattos, Mark Sanders, Pharoah Sanders, Phil Minton, Trevor Watts, Veryan Weston, entre outros... Mas as boas novas não param por aí. Para fechar o ano com chave de ouro temos quatro notícias que seguem:

1) 1º Festival Internacional Abaetetuba de Improvisação Livre Musical: nos dias 13 e 14 de Novembro, no espaço cênico Ademar Guerra serão realizadas 4 oficinas gratuitas, com 30 vagas cada uma, e 2 apresentações com formações instrumentais diversas. A retirada de ingressos ocorrerá uma hora antes de cada espetáculo e oficina.

Oficinas:

Sábado 13
12h com Ricardo Tejero
15h com Saadet Türköz

Domingo 14
12h com Raymond MacDonald
15h com John Edwards

Apresentações:

13 de novembro as 20:00 h
14 de novembro as 19:00 h

Para mais informações, favor consultar os sites: http://fiil2010.blogspot.com/ e http://www.centrocultural.sp.gov.br/festivalabaetetuba.asp

O termo "Abaetetuba" que dá nome ao Festival veio do grupo homônimo de improvisação livre que em tupi-guarani quer dizer "encontro de gente boa". Fundado em 2004 a partir da iniciativa dos músicos brasileiros Antonio Panda Gianfratti e Yedo Gibson, o grupo trabalha com a improvisação livre sem pré-estabelecimentos anteriores à música. Com o tempo os músicos Marcio Mattos, Michelle Agnes e Thomas Rohrer foram agregados ao grupo, e juntos se apresentaram com importantes músicos da improvisação livre internacional em oportunidades no Brasil e na Europa.

Segue o myspace do grupo: http://www.myspace.com/abaetetuba

2) Nos dias 27 e 28 de Novembro, o mestre Ornette Coleman (considerado um dos pioneiros e mais importantes nomes do Free Jazz) fará duas apresentações com seu quarteto (Charlie Haden no baixo, Denardo Coleman na bateria e Dewey Redman no sax tenor). Há décadas na estrada, as apresentações (com ingresso praticamente esgotados) são oportunidade única; conhecer a história e obra de Ornette Coleman é imprescindível àqueles que realmente queiram compreender, apreciar ou (re)criar a música contemporânea.

Segue o local e os horários das apresentações:

SESC Pinheiros

27/11 - 21h30
28/11 - 18h30

Obs.: as apresentações farão parte da "Mostra Sesc de Artes 2010", que também constará com outras apresentações de peso. Aos interessados, favor consultar o site do SESC para mais informações.

3) No último post do Sonora, o Henrique Tonin postou mais um exemplo da música vital que Vandermark e companhia nos oferecem. Um dos saxofonistas mais versáteis e prolíficos da atualidade, Vandermark transita nos arredores do Jazz, do Free Jazz e da Improvisação Livre com grande domínio e personalidade. Além dos contextos mais diversos em que se insere, há de se notar o amplo domínio de palhetas que alterna tocando diversos tipos de clarinete e saxofone. Além do Vandermark, que se apresenta no Brasil pela primeira vez, teremos uma nova oportunidade de acompanhar Luc Ex (baixo) e Mark Sanders (bateria) em ação.

A apresentação em São Paulo será no dia 10/12, sexta-feira, às 19hrs, na sala Adoniran Barbosa. A entrada é franca.

Em Porto Alegre a apresentação ocorrerá no dia 12/12/2010, às 20:00 hrs. Nos sites que encontrei não consta o lugar que ocorrerá a apresentação; se alguém souber e puder comentar, agradeço.

4) Por último, para fechar o ano com chave de ouro, Han Bennink (bateria) e Phil Minton (voz), dois dos veteranos mais exóticos e importantes improvisadores voltam ao Brasil para uma única apresentação.

São Paulo - Sala Adoniran Barbosa - 11/12/10, 19:00 - Entrada Franca

Em resumo: oportunidades imperdíveis aos interessados em free jazz, improvisação livre e música contemporânea de modo geral. Quem conhece o trabalho dos músicos envolvidos sabe do que falo e não vai perder por nada; àqueles que não conhecem, fica a dica e oportunidade única.

Marcadores: ,