Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Krautrock - the rebirth of germany
Postado por Ingrid Faustino em quarta-feira, 17 de novembro de 2010.
Resolvi fazer o upload do documentário, especialmente pro akaaka, hihihi. (Saudade, viadinho)

video

Apesar do vídeo ter uma ideologia um pouco discutível depois da crítica do século 20 a visão macropolítica economicista - ele defende a idéia, pode-se observar já no início, de que a arte é efeito da superestrutura Nacional... Como se o krautrock fosse simples efeito da condição alemã - e existem muitos outros fatores, outros fatores mesmo micropolíticos ligados a macroestrutura, intersubjetividades que escapam das fronteiras opressivas do estado, ora, isso é respondido pelos próprios artístas - em contraponto a esta narração da BBC - lembrando sun ra, Space is the place, e este espaço não é o de uma nova conquista dialética, é o espaço da criação híbrida, da negociação para além das fronteiras fechadas da nação e do império ocidental, e certamente 1968 tem muito a influenciar o krautrock, mas não pelo simples fato de seu acontecimento, mas por este questionamento - marcado por esta data - sobre as relações de poder. Também tem pouca relevância, pro documentário, a existência anterior da música progressiva e das vanguardas musicais, ou seja, essa ruptura na tradição que faz uma experimentação híbrida, esta sincronia na diacronia tão importante para a força intersubjetiva da expressão artística (Stockhausen e Cage são meramente citados, mas o documentário prefere se aprofundar em Bowie do que nestes... Bowie vende mais - e a figura do Iggy Pop fundamentando a validade do krautrock é risível) Também não é salientado os agenciamentos dos músicos, que soam diferentes entre si e entre suas obras, - toda a questão de tradição e talento individual, em suma, é deixada de lado por uma homogeneização nacionalista do movimenton- hierarquizar o kraftwerk acima do movimento do krautrock - desculpem, mas jamais poderei aceitar que kraftwerk seja MELHOR do que Can ou Neu!, como o documentário parece declarar, diferente, talvez, inovador, certamente, mas não melhor, e esta ação fica claramente compreendida quando, no final, sabemos que passara um documentário só sobre o kraftwerk, ou seja, o vídeo do krautrock soa como mera introdução ao vídeo do kraftwerk - até porque kraftwerk vende, rs. - e ser pouco aprofundado, não levando a discussão muito além - imagino que também pelo pouco tempo que dispõe pro "krautrock"- não deixa de ser interessante para quem gosta do som. A BBC sempre dá essas bolas dentro-fora, se é que vocês me entendem... mas, tirando esses três pontos, gostei muito do documentário, poder ver, de alguma forma, essa busca que nem é busca por um tempo que nem foi tão perdido assim - tirando pro Suzuki, haha.
DOWNLOAD
DOWNLOAD LEGENDA

ps. eu achei a legenda e inclui, mas está em inglês... eu definitivamente não traduzirei, se alguém se dispor... está aí.

Marcadores: