Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Krzysztof Penderecki
Postado por Filipe Martone em sexta-feira, 4 de janeiro de 2008.

Krzysztof Penderecki (pronuncia-se Penderétski) nasceu dia 23 de novembro de 1933, na Polônia. Seu estilo inicial, até meados de 1974, influenciado por Anton von Webern e Pierre Boulez, entre outros, transparece bem nitidamente a estética dos tempos modernos – utiliza o serialismo, grandes glissandos, gigantescos clusters, efeitos vocálicos inusitados, entre outras formas de exploração dos instrumentos tradicionais, buscando outros efeitos sonoros e novas possibilidades de cor timbrística. Adota e desenvolve consideravelmente a escrita esquemática e gráfica (diferente da notação tradicional da partitura). Depois de 1975, Penderecki passa a uma estética mais tradicional e romântica, misturando às técnicas de vanguarda o cantochão e utilizando um maior vocabulário tonal e melódico tradicional. Ganhador de inúmeros prêmios e honras, Penderecki foi um dos primeiros compositores a sanarem parte da aversão do grande público pela música moderna.

Paixão Segundo são Lucas:
http://www.mediafire.com/?6gyzywebdfa

Trabalho bastante interessante sobre esta obra: http://www.musica.ufmg.br/permusi/port/numeros/11/Vol11_cap_02.pdf

Trilha d'O Iluminado, filme de Kubrick (apenas as obras de Penderecki). Destaque para Polymorphia e sua discussão sobre o que é dissonância (muito em voga na modernidade): termina em um acorde perfeito de dó maior, completamente descontextualizado, "dissonante" do resto da obra.
http://www.zshare.net/download/58833868b72c3d/

Sinfonia n° 7 - Os Sete Portões de Jerusalém:
http://depositfiles.com/files/2947187


Marcadores: