Além do nosso blog, você poderá encontrar o Sonora Aurora no grupo do LastFM e no Facebook.


Alfred Schnittke, a valsa do Adeus: A história de um Ator Desconhecido
Postado por Andre Carvalho em segunda-feira, 31 de dezembro de 2012.




"O máximo que eu posso fazer, é não deixar meus ouvidos atrapalharem", disse certa vez Schnittke, referindo-se sobre seu método de composição, onde assim como Charles Gayle, não competia com os sons do cotidiano, tampouco os imitava, e sim cooperava com eles. 

Durante os anos os quais morou na URSS como compositor, Schnittke tinha o dever de compor trilhas sonoras para os filmes da Mosfilm, estatal soviética responsável por toda a produção e distribuição cinematográfica na Rússia. Por ser um trabalho que exigia uma rotina diária, além de certos prazos e obrigações (muitas vezes curtas e também pesadas), Schnittke em certas ocasiões sentia-se desgostoso com sua situação. No entanto, é inegável também como este trabalho foi importante na evolução da sua composição, influenciando profundamente na sua forma de compreender a música. Sendo por conta deste trabalho, o motivo pelo qual Schnittke secularizou sua forma de compor em "música séria" e "música cotidiana e banal". Obviamente esta última não deve ser tida com desprezo por parte do compositor, Schnittke apenas faz esta diferenciação pelo fim um pouco diferente de ambas.

A união entre compositores eruditos e o cinema não surgiu com Schnittke ou na sua época, muito antes, no início do século XX, compositores mais famosos como Shostakovich e Prokofiev já compunham trilhas sonoras para o cinema e teatro, influenciando desta forma o cinema, e igualmente sendo influenciado por ele; basta notar os 'cortes' e 'desvios' presentes em muitas obras de ambos os compositores.

Quanto a isso, pode-se dizer que Schnittke foi um pouco mais longe. Sua ligação com o cinema, e com os diretores, elevou sua obra para um caminho único, universal e absolutamente original. 'Os sons banais do cotidiano', 'melodias assobiadas aleatoriamente', tudo isto ia para o caldeirão mágico do compositor, onde eram feitas sus trilhas sonoras. Aos poucos, esta forma de condensação dos 'sons os quais são comuns à todos', conseguiu algo praticamente impensável: imbuir no termo "POP" um significado realmente positivo. Pode-se verificar isto não só no seu trabalho para o cinema, mas também em obras como o Requiem, Concerto Grosso No. 2, e principalmente na sua Cantata Fausto, mais precisamente em 'Es Gescha', parte na qual Mephisto vai ao encontro de Fausto para fazer cumprir o acordo de ambos, terminando-o por esquartejar. Nesta peça em especial, nota-se a união de tudo, em uma forma na qual ficamos boquiabertos, imaginando quando raios alguém poderia compor algo assim, com um sentido tão universal. Pois ele o fez.


                                                                            °°°

 Infelizmente é complicado conseguir legendas para os filmes soviéticos antigos, mas isto também em nada impede de se emocionar tão mais profundamente quanto alguém que os tenha assistido, por isto, independente de qualquer coisa, estas quatro compilações dos trabalhos do Schnittke para o cinema, podem e devem ser apreciados como trabalhos 'normais', sem tem de estar necessariamente associados a outras mídias para  serem 'compreendidos' na sua totalidade.


Não deixei a valsa do adeus no título da postagem por acaso. Esta é uma das trilhas mais significativas compostas  pelo Schnittke. Esta beleza triste das despedidas, encontra-se presente da primeira a última nota, parecendo realmente não haver nada melhor para representar estes momentos de adeus, do que uma valsa...
                                                                                                                                                                        


 





The Story of an Unknown Actor 
1. Thema - Titelmusik 
2. Agitato l - Schlitten 
3. Agitato ll - Reise 
4. Walzer (Abschied) 
5. Thema und Marsch 
6. Epilog - Finale

The Commissar 
7. Spaziergange d. Wawilowa durch die Stadt 
 8. Hochzeit 
9. Attacke 
10. Spiel  
11. Einzug in die Stadt  
12. Liebe  
13. Keller 
14. Regen  
15. Traum 
16. Wanderung der Verdammten 
17. Einsicht






320 kbps | 158 MB
    Mediafire | Rapidshare



                         ___________________________________________________________


Clowns and Children
1. Title music
2. Intermezzo 
3. Acrobats 
4. In the hospital
5. Waltz 
The Waltz
6. The Building Site 
7. Carriage 
8. Factory 
9. Vovka 
Glass Harmonica
10. The Musician and the Carillon
11. The Procession
12. Faces - Flights - Pyramids 
13. The Musicians - The Awakening 
The Ascent
14. Sotnikov's Death 
15. On the Sled 
16. Remorse 


320 kbps - 134 MB
    Mediafire | Rapidshare


                         ___________________________________________________________



 Das Marchen der Wanderungen (The Fairytale of the Wanderings)
1. In der Fledermaushohlen 
2. Absturz der Kutsche - Das Meer 
3. Liebeserklarung - Orlandos Thema 
4. Katz - und Maus - Spiel
5. Maitanz - Spelunke - Jagd 
6. Pest 
7. Minuet 
8. Tanz - Walzer - Orlandos Tod
9. Zerstorung des Schlosses 
10. Finale 

Rikki-Tikki-Tavi
11. Titelmusik 
12. Bedrohung und Rettung 
13. Nacht 
14. Legende
15. Kampf 
16. Epilog 


320 kbps | 165 MB
    Mediafire | Rapidshare

                          ___________________________________________________________

Sport, Sport, Sport Suite
1. Titelmusik: Interview
2. Griechenland - Das Bad: Adagio - Pesante
3. Zukunft: Menuett 
4. Das Lied des Kaufmanns Kalaschnikow: Allegro
5. Schlachtenbummler: Menuett - Fugue: Allegro 
6. Der moderne Sport: Training - Sieger - Finale: Allegro molto - Andante 

Adventures of a Dentist
7. Maschas Lied: Tempo di valse
8. Gloria: Maestoso 
9. Der Park: Tempo di valse 
10. Pantomime: Allegretto 
11. Charleston 
12. Fruhling 
13. Walzer: Moderato 
14. Verzweiflung: Andante 
15. Finale




320 kbps | 116 MB
    Mediafire | Rapidshare

Marcadores: